sexta-feira, junho 17, 2011

Liberdade

Ontem os Ministros do STF deram um importante passo no respeito a democracia. Mas falar disso aqui seria chover no molhado, falar apenas disso.

Resumindo, o que o supremo quis dizer? Que as pessoas tem liberdade de se manifestarem, quaisquer que sejam a opinião delas, não cabe a justiça ou a lei censurar o direito de palavra de alguém.
Eu mesmo, não me sinto o direito de pedir para silenciar alguém, por mais que ache que a pessoa esteja falando um absurdo sem tamanho. Se alguém quiser ouvir que ouça.

Isso é democracia, ideias conflitantes convivendo até que entrem em um acordo, ou que a voz da maioria prevaleça.

Não acho certo nenhum tipo de censura, nem a censura paternalista que muito ocorre no Brasil de "proteger" as pessoas.

Não acho que se deva proibir marcha da maconha, da liberdade, marcha do que for. Também não acho que se deva impor censura a TV, quaisquer que seja ela. Assim como também não acho que se deva censura Bolsonaro e afins.

Sim! A liberdade vale para todos os lados. E seriamos hipócritas em querer dar a palavra apenas a aquilo que acreditamos certo e calar o que achamos oposto.
Se defendemos a censura de alguém, ou alguma ideia, estamos sendo contra a liberdade.  E ela para ser chamada assim tem que ser irrestrita.