sábado, agosto 28, 2010

Poker, Pastéis e as Conquistas

Você já reparou como é difícil conquistar alguém quando estamos realmente interessados? Já reparou também que como as vezes nem damos bola para aquela pessoa que gosta da gente? Até acharmos que ela não está dando mais bola.
Não estou falando de beijos e transas ocasionais na balada. Bem, isso é mais um conquista física que qualquer coisa. É uma "dança do acasalamento" e ponto.
Tô falando daquela conquista que você quer ficar com a pessoa. a pessoa com você, dividir momentos, enfim, todas aquelas bichisses que todo o mundo já sabe.

Psicologia
Tá! Tá! Os psicólogos tão cansado de formular teorias que passam da biologia a sociologia, até por culinária, sei lá.
Na verdade eles estão cansados de falar o que todo mundo ta cansado de saber, e pouca gente faz com maestria, principalmente quando está envolvido.

Maionese Desandando
Por que quando  gente está pouco ligando, tudo o que eu ou falar aqui sai quase que inconscientemente. Mas é só começar a se importar um pouquinho (nem que seja só pra conseguir), aí menininha aí sim a maionese começa a desandar.

Poker
Aí é igual jogo de poker quando estamos numa fase de maré baixa: Começamos a meter os pés pela mãos, perdemos a capacidade analítica, começamos a dar All-in em tudo. Aí vemos que estamos ganhando, e continuamos na estratégia errada, ate que... filhote... as fichas acabam, e você saí fora triste e sem nada.
"Pô Diego! Que a porcaria de jogo de poker tem a ver com isso???
Caramba !!! Tudo! Olha só: É um jogo que analisando o que você tem em mãos, analisando o que você tem na mesa, inferindo a personalidade da pessoa, e como ele joga. Você joga nõ com as cartas que você tem, mas com as cartas que você não tem; e principalmente jogando para desestabilizar o adversário.

Um Pastelzinho ou a Pastelaria?
"E ai! Não quero ganhar dinheiro daquela mulher, quero o pastel dela"
E quem disse que eu falei pra jogar poker com a doida? O que eu disse é pra aplicar as estratégias, adaptadas aos seu objetivo.
Primeira coisa: Objetivo. Qual seu objetivo? O pastel? Por que se for só um lanchinho rápido, pode parar. Não precisa de estratégia muito profunda pra isso (depois escrevo sobre isso).
Agora se você quer a pastelaria sempre aberta para você a história é outra. Requer paciência.

Jogando Poker: Apostando um Pastel pela Pastelaria
Assim como no poker, a gente tem que conhecer a vitima, deixar ele jogar um pouco, analisar como se comporta. Só assim saberemos como melhor interagir com a pessoa para conquistar o que queremos.
Sabendo como a pessoa age e se comporta em diferente situações, aí que entramos com o segredo da desestabilização.

Deixando a Dona da Pastelaria Desestabilizada com o poker.
Deixa a pessoa levar o relacionamento para onde ela acha que é confortável, e depois de uma guinada para o outro lado, deixando-a desorientada; sempre com cautela, cada pessoa tem seu limite, e seu grau de envolvimento: Quanto mais envolvida, maior pode ser o tranco. E quanto maior o tranco, mas efetivo é.
Mas cuidado!! Se você aposta muito forte em momento errado, a pessoa dá fold (foge) e você fica lambendo os dedos e sem sua pastelaria.
Se você joga o mesmo joguinho de sempre, a pessoa que te saca, aí você ta na dela, e não ela na sua.

Recusando o Delicioso Pastel
Vamos jogando até o adversário achar que tem você em mãos, aí você faz algo totalmente inesperado (por exemplo: recusa o pastel quentinho, cheirosinho, e prontinho para você, aquele pastel que você não provou ainda), isso vai fazer ela ficar pensando em você, e pensando o por que você fez aquilo. E Fica pensando, e fica se envolvendo.
Faça isso algumas vezes, alternando entre o inesperado, e o esperado. Desoriente a busula do adversário. Isso o deixará cada vez mais pensando em você.

Coma pastel a hora que VOCÊ desejar.
É fácil de fazer? Não! Eu mesmo já falhei algumas vezes e fiquei sem nem o cheiro do pastel, mas com calma, paciência, lendo a reação do outro, e o ambiente; E cada vez adaptando isso ao seu objetivo, você consegue sua pastelaria aberta para você vinte e quatro horas, e até com delivery

Isso vale pro amor, sexo, amizade e até por que não relações comerciais. 

quarta-feira, agosto 18, 2010

Por que ter amantes?

A resposta mais simples para a pergunta titulo desse post seria: Por que é bom!Sim! É muito bom! Mas é uma pena que a resposta não seja tão fácil assim.
Ter amantes só fortalece o relacionamento, diminui o atrito, deixa as coisas mais leves e satisfaz as necessidades das pessoas. Enfim deixa todos felizes.


"Mas todo mundo?" Você pode me perguntar, eu respondo "Todo o MUNDO, até a pessoa traída"
Faço questão de não definir o genero, pois esse conselho é para todos. Tanto faz se você é homem ou mulher; ou se gosta de homem, de mulher ou de ambos.

Rotina

Quando estamos em um relacionamento, passado um tempo (esse tempo muda de relacionamento para relacionamento, e de pessoa para pessoa dentro do relacionamento; podendo, inclusive, ser diferente para as pessoas dentro do relacionamento) começamos a nos acomodar, a estabilizar, a enxergar defeitos dos outros, e com isso cobrar soluções; entramos numa rotina, que de certa forma mesmo que o casal tente sempre sair da rotina entra na rotina de fugir da rotina. Resumindo: Entra na parte que você gosta de estar com a pessoa, mas sabe que seu relacionamento podia ser melhor em diversas partes.

DR´s
Aí você, meu leitor ocasional atento, me fala: "Ah, mas nada como uma conversa, para atentar acertar os ponteiros"

Não!!!! Não há nada pior que uma pessoa viciada em DR's. Tudo que que a pessoa gosta de fazer é fazer uma DR até para discutir as DR´s anterior. Não dá certo! A outra pessoa vai acabar concordando com tudo só para acabar com a porcaria da chata e recorrente DR. E no fim não vai mudar nada. Pois as pessoas são o que são e não mudam pelas outras pessoas, mudam no máximo por elas mesmas. No máximo a mudança dura pouco tempo.

Terminar?

Aí , querido leitor que caiu de para-quedas e já está me olhando feio vai dizer: "Pô, se não tá bom termina". Eu te respondo: Terminar pra que???? Ninguém disse que você não gosta da pessoa, ou ela não gosta de você. Se um gosta do outro para que terminar? Burrice terminar gostando. Além do que, se vivermos terminando por pequenos defeitos que encontramos nos outros, viveremos numa eterna busca da perfeição e NUNCA encontraremos ninguém que dure para sempre.
Então entramos na seguinte questão: "Se eu gosto da pessoa, mas ela não me completa 100% , o que fazer?"
Olha, ninguém vai te completar 100% o tempo todo. Mas temos que buscar nossa felicidade sim, temos que ir atrás do que tá faltando. Vamos lá! Mas, para de ser lesado. Correr atrás do que ta faltando, não é largar todo o resto das peças pra trás. Acorda gente, vamos pensar né?

Ter amantes
Onde ter amante facilita a vida:
Por exemplo: Você esta super afim de dormir juntinho, de não ficar sozinho aquela noite, afim de fazer algo. Ai você liga para seu namorado(a) e chama para fazer algo. Ele te responde que não pode tá cheio de coisa que fazer, amanha tem que acordar cedo e etc. O que você faz:

A)enche o saco dela(a) até ele(a) vir
B) Fica triste que a pessoa não vem e apronta uma briga (seguida ou não de DR)
C) fica triste mas não fala nada
D)Liga para o telefone da alternativa e fica feliz.

Se você respondeu a alternativa A, você é um insensível egoísta que faz a pessoa mesmo cansada saia de casa e vá contra vontade de ver. O que ganhou com isso? Uma pessoa ao seu lado, que te ama, ta certo, mas NÃO queria estar contigo naquele momento. Fora que você vai ficar devendo uma a essa pessoa, e hora ou outra ela vai te jogar na cara isso. E estará minando o relacionamento

Se você respondeu Alternativa B, você é um chato que só sabe brigar por tudo, Não vai adiantar nada brigar por isso, além de irritar a outra pessoa. Você continua destruindo seu relacionamento.

Ah! Você respondeu a alternativa C???? Que bonitinho, bonzinho e babaca você é. A outra pessoa tá lá feliz, conseguiu o que quer, e você? Aí triste, sozinho....Ta acabando com seu relaciomento também. Por que chega um momento que você explode.

Chegamos a Alternativa D: TODOS felizes. Ela que esta cansada, e etc, feliz com você que é compreensivel, e deixou ela descansando. No momento não esta pensando em outra coisa a não ser: "Que ótimo relacionamento eu tenho! Ele é tão compreeensivel, vou recompensa-lo da próxima vez". Você feliz da vida que não vai dormir sozinho, vai ter algo para fazer e deixou a outra pessoa feliz também. E a/o Amante, feliz da vida, pois amantes sempre estão felizes em ver a pessoa.

Conservando o Relaciomento
Ta vendo? Tendo amantes conservamos o relacionamento intacto, e até o melhoramos. Ficamos felizes, e deixamos mais duas pessoas felizes. É a formula ideal para evitar desgastes desnecessários aos relacionamentos, e faze-los durar muito, mas muito mais.

Este é só um exemplo, mas é geral podemos aplicar em diversas outras ocasiões, se você quiser me diga que eu acrescento mais outros exemplos nesse post. Podemos ampliar eternamente isso aqui.

Você leitor pode me perguntar,  do amor, da verdade, e bla bla bla. Eu te respondo: Do amor, cada um entende do seu, amor é tão particular que ninguem pode se meter no amor do outro. Da verdade? As vezes dizer a verdade é crueldade. Você diria a uma criança esperançosa que Papai Noel ao existe? Melhoraria sua vida isso? E a dela? Mas isso da outro post...

Pense nisso, sejamos felizes, a vida é fácil a gente que complica. E, em muitos casos Amante soluciona um monte de problemas