quarta-feira, novembro 29, 2006

It's time to Blog

Deixa eu começar a escrever logo, senão vou acabar não escrevendo hoje também. Ontem tive que sair correndo e não deu tempo. Uma pena!

Aranha
Comprei uma aranha de metal ontem, é a coisa mais relaxante do mundo, quando der coloco aqui!

Relacões Virtuais: Parte 3: Namoro
E a amizade vira namoro. Porém a amizade não é como namoro. O Namoro nescessita de contato, a amizade nem tanto, o namoro é toque...
Aí, pela internet facilitar a amizade a distância, acaba-se apaixonando-se por uma pessoa que mora longe? E ai? O Amor, a paixão supera tudo? Não creio nisso. O problema não é a distância em si. Mas a freqüência em que se vê a outra pessoa. E o namoro a essa distancia vai se desgastando. Até que uma hora ou outra acaba-se.
Muitas pessoas ficam anos sonhando com o tal encontro, que teima em não acontecer, e será que irá acontecer um dia? Para um namoro seria bom acontecer seguidas vezes né?
Sim, é uma visão não muito romântica, mas temos que ser pratico e esquecermos o romantismo vez ou outra
Mas caso as pessoas não morem longe, puxa, é um ótimo meio. Mas lógico, se temos a intenção se ter algo a mais que amizade nada melhor que deixar o computador de lado e ir ver a pessoa.


Mais de um Ponto de Vista
E esse blog abre a iniciativa de mais pessoas escreverem nele além de mim. Afinal é um blog de pontos de vistas. A Maricomp já está convidada e aceitou o convite. Quem quiser, e se interessar, me fale. Será um prazer ter seus pontos de vistas aqui também!

Cerveja, Caipirinha e Espetinho
É minha noite foi na ordem inversa do que está escrito aí. A Dani e a Mari que o digam, rs

Amanhã
Amanhã Falarei sobre relacóes, sobre gostar mais, sobre o modelo matemático da paixão.

segunda-feira, novembro 27, 2006

Fim de semana

Ah! O fim de semana foi muito bom. Podia até ser melhor, mas alguns desencontros e falhas na comunicação deixaram-no assim.


Relações Virtuais Parte Dois
Conhecemos a pessoa, passamos a conversar todos os dias com ela. Dia após dia. Isso se torna uma amizade. É! Pelo computador também.
O interessante que podemos ter uma amizade com a mesma intensidade e freqüência de conversas como se fosse nosso vizinho.
E nos acostumamos a todo dia entrar no computador, para dar um oi para nosso rol de amizades. Muito mais fácil juntar o pessoal via computador do que num barzinho ou algo assim. Até porque a turma pode estar espalhada em diversas cidades.
Formamos amizades fortes, amizades reais, por mais paradoxo que seja isso.
Mas tem alguns problemas, não da internet em si, afinal, é só um meio de comunicação, mas sim das pessoas, que não sabem lhe dar com esse meio.
Aí as pessoas desconfiam das amizades sinceras, só por que não pode se ver, não pode se tocar acham que não é amizade. Mas peraí! O que importa da amizade é o papo, o jeito de pensar, não a pessoa certo?
Então, da muito bem sim para levar uma amizade a distância, o problema é quando a amizade se transforma em algo a mais...
Mas isso fica pra amanhã.

Nota Rápida: Relações
"Quem não sabe amar, fica esperando alguém que caiba nos seus sonhos."
O Problema que essa pessoa que cabe nos sonhos, só existe nos sonhos de cada um. Espera longa essa não?

Fim de Semana
Fui lá na Festa da Nações. Festa das nações nada né? Festa do Acarajé. Só vendiam acarajé naquele lugar! Bom, tinha um bar em frente que vendia Milk Shake ruim também.
Coitada da moça que foi cantar lá (eu esqueci o nome, Luciana Mello?): Choveu, espantou o pessoal. Quer dizer, ficou umas trezentas pessoas.
E ela lá falando (devia estar no script): Vamos lá São Carlos, que pessoal animado!!!!
E todo mundo só olhando, sabe quando se olha uma TV quando não se tem nada pra fazer? Do mesmo jeito!!!
Aí ela canta a última música, sai. Silêncio... A moça volta toda animada como se tivessem gritado por bis. Coitada!!!

Trem Bão
Noite terminou no Trem Bão. Comi bauru pela primeira vez!!!! Olha, nunca imaginei um pão francês daquele tamanho!

Companheira de Baladas
É! Agradecer a Mari pela companhia em baladas furadas. Mas Melhor isso do que a idéia inicial né Mary?

sexta-feira, novembro 24, 2006

Exagerado

Já me perguntaram que raios eu vim fazer em plena Quinta Feira em São Carlos. Eu tenho meus motivos. Talvez inacreditáveis, mas eu os tenho.
Muitos nem acreditam em mim, por que muitas vezes sou exagerado, as vezes propositalmente, para fazer graça. Mas mesmo no exagero, falo a verdade

Relações "Virtuais" parte um
Antes tão raro, estranho, complicado. Hoje é difícil não saber de alguém que tem um amigo lá longe em Queruxibim do Norte. Ou Mesmo conheceu o namorado, ou ficante via internet.
A gente fala da internet como se fosse um mundo a parte. totalmente diferente e sem conexão com o nosso.

Mas se pensarmos assim então todos os meios de comunicação são mundos separados. E não acho que é por aí

Todos esses meios são parte de um mesmo mundo. E servem para facilitar a vida de quem usa. Não creio que a internet seja boa ou ruim. Ela é uma ferramenta incrivelmente facilitadora. As pessoas são boas ou ruins. E usam a ferramenta de acordo com sua ética.

O que acontece muito na internet é não confiar na pessoa que conhecemos do outro lado. O estranho que essas mesmas pessoas que não confiam numa pessoa que falam por semanas a fio, confiam, beijam e até levam para casa alguém que se conheceu no mesmo dia numa festa.

Talvez por que as pessoas, geralmente, confiam mais em imagem e aparências do que em personalidades e idéias.

Por outro lado a pessoas que confiam demais que contam coisas tão intimas que nem o melhor amigo sabe. Se abrem na internet como se fosse um ente, e esquecem que há pessoas atrás dela.

Bom, eu uso a internet apenas como mais um meio de comunicação como telefone e carta. Sim! Um meio muito eficiente, mas apenas um meio. Não olho maravilhado como um oráculo, ou desconfiado como a caixa de pandora.

Como quando não estou usando a internet, confio ou deixo de desconfiar, me apaixono ou não, não pela aparência ou algo assim. Mas sim pelo que a pessoa é, como ela pensa!

Assim não vejo algo começado ou em torno da internet como diferente dos demais. Mas, muitas pessoas o veem. E isso acaba mudando um pouco.

Segunda Feira vou escrever mais sobre cada tipo de relação, o que vejo, o que sinto.
Ps: Agradecimentos a Lasci!


Banalizar o Beijo
Já fiz isso quando adolescente, já fiz até depois. Hoje não faço isso mais. Não beijo em festas, não beijo apenas por beijar. Beijo apenas quem gosto de beijar.
Não que o beijo seja um selo de compromisso. Não é um beijo, ou vários beijos que vai indicar isso. Mas não vou beijar alguém que nem amizade eu tenho.
Beije. Aproveite o momento. Mas beije quem mereça teu beijo!

quinta-feira, novembro 23, 2006

Ainda aqui

Ainda aqui em São Paulo, mas é por um bom motivo: Comemoração de 31 anos de casados de meus pais. E depois, de tudo que minha mão passou esse ano, acho que tem que comemorar mesmo!!! Me pegou de surpresa, havia esquecido, aí meu pai chamou. E fomos, lá para a churrascaria. Nossa! Faz tempo que não comia como comi hoje!

Em homenagem a eles não vou postar nada mais nesse post. Até por que estou cansado. Mas amanha cedo, postarei mais uma vez.

Vou escrever sobre relacionamentos virtuais. Uma parte amanhã.

Quem aqui não começou desse modo que hoje não é mais inusitado?

Tomorow, at morning!

quarta-feira, novembro 22, 2006

Dar um tempo

Hoje vou escrever um pouco sobre o que acontece depois de dar um tempo. Ou melhor o que pode acontecer. Não aconteceu muita coisa de novopor aqui não. Amanhã volto a Sao Carlos

Relacionamentos: Ciúmes: Após o tempo
O que fazer após voltar do famigerado tempo?
Na volta é tudo maravilha, tudo uma beleza. Afinal você desejava estar com a pessoa de novo. E o tempo vai passando, e você acaba se perguntando: "O que foi feito nesse tempo?"
E você acaba por perguntar! Pronto! Tá feita a merda! Um ponto para a briga. Por que :
1) A outra pessoa não vai querer falar, você vai insistir, e vai acabar brigando e achando que ela fez um monte de coisas. Assim ficando com ciúmes.
2) A pessoa fala que beijou sim, ou transou. E você vai ficar com ciúmes do mesmo jeito.
E ciúmes é uma coisa ruim. Amanhã falo sobre.
Mas então, perguntar sobre o que aconteceu é uma coisa masoquista. Dificilmente vai sair algo que lhe agrade. E sofrer por uma coisa que já aconteceu, pra que isso? E passado não se arruma.
Melhor pensar no momento. Esta ótimo estar junto não está? Então esquece o que passou.


Documento
Recebi o documento que estava esperando, posso ir no HC-FMUSP e ir para casa agora :)

Cortar o cabelo
Poutzzz!!!! Esqueci de marcar o corte. Que mancada. To precisando.

Grill George Foreman
Não é que essa futilidade funciona e funciona bem??? Gostei muito do Equipamento! De verdade.

terça-feira, novembro 21, 2006

E o Ibope cai

Sinto a audiência cair a cada dia que passa. Não sei se mereço, não sei se é fase, ou mesmo eu escrevendo mal, tão somente isso. Já faz tempo que não tenho comentários, mas contava que algumas pessoas leem e não comentam. Será?

Outback
Fazia um ano que não pisava lá. Não esqueci claro! Estava em ótima companhia há um ano. Dessa vez parece que a coca não estava aguada. E o bife continua ótimo. Tenho que voltar lá mais vezes.

Polishop
E você acredita!! Saindo de lá, fomos dar uma volta no Eldorado, fazer a digestão. Paramos no Polishop, pra que? Compramos uma George Foreman Grill, meu primo comprou um barbeador, e depois de negociar com a gerente, chorar o preço, adivinha? Ganhamos outro barbeador!!!
Nunca imaginei que iria comprar algo do Polishop!!!

Cabelo
Tenho que ir a Fundação Zerbinni amanhã. Tomara que de certo, tentarei cortar o cabelo também, e se der tempo voltar a São Carlos!

Relacionamentos: Dividir para Conquistar?
Todo mundo fala que devemos conquistar a pessoa que estamos diariamente, isso é fato. Não discordo. Também sabemos que para conquistar a pessoa devemos agrada-la. O problema é quando esse agradar começa a nos desagradar.
Estou vendo que o povo anda com uma mania swingueira muito forte! É todo mundo querendo transar com dois, três, quatro pessoas diferentes. Tudo junto.
Chegamos a seguinte questão: A pessoa que você está quer mais uma pessoa na cama. E você o que faria?
Dividiria a pessoa que você gosta com outra?
Dividiria para agrada-la?
Eu, ainda acho, que sou muito antigo. Não aceitaria essa idéia muito bem não. Aliás muito bem não. Não faria!

segunda-feira, novembro 20, 2006

Feriado Municipal

É! Aqui em São Paulo é feriado Municipal. Na verdade não entendo essa mania de fazer feriado para tudo. Para comemorar, relembrar ou homenagear algo. Até por que se faz o feriado e pronto! Não se faz nada para lembrar a data, como eventos culturais ou algo do tipo. Acho que não é por aí, fazer um feriado por fazer chega a ser mais uma ofensa do que uma homenagem.

Brigadeiro
Quanto tempo dura um brigadeiro na geladeira? Não comi todo ele, embalei e guardei. Será que dura até eu voltar? Espero que sim! estava muito bom!!!

Perfeição
Estava conversando, não lembro com quem, sobre defeitos. Defeitos que todas as pessoas tem.
Todos de longe são perfeitos, mas quando vamos nos aproximando vamos enxergando as falhas, as nuances, os detalhes. E gostar da pessoa é chegar suficientemente perto, conseguir enxerar tais defeitos e mesmo assim querer continuar a estar perto.
Nunca achei que gostar de alguém é estar cego perantes as falhas. Mas sim conviver com elas. E gostar da pessoa apesdar das falhas, e até mesmo por elas.
E de certa forma agradeço da perfeição não existir. Pois quando exitir não será real. O Mundo não é ideal, não para todos, não ao mesmo tempo. Mas é o que temosd e gostamos dele mesmo assim.

Mutantes
Vi no Fantástico uma matéria sobre os mutantes. Sabe, tinha me esquecido como a música deles era boa. Vou ouvir um pouco.

Visão
Não sei outras pessoas, mas um dos sentidos que gosto mais é a visão. Mesmo enxergando mal, gosto de olhar, sinto com a imagem, faço tudo melhor quando enxergo. Nem sempre é possível, mas quando dá...

Perfeccionismo
Pode parecer que não mas venho notando que sempre tento chegar a perferição em tudo que eu faço. Não que eu me ache perfeito. Aliás, longe disso, acho que estou muito aquém do ideal em várias areas, mas continuo tentando. Não quero ser médio. No mínimo que espero é ser bom.
Quem sabe um dia...

domingo, novembro 19, 2006

Calor e Brigadeiro

Hoje está quente, bom não só hoje, esses dias todos estão quentes. Comi brigadeiro ontem, chocolate de verdade. Bom!!!!

O Valor da Imagem
Até quanto uma imagem impressiona? Até quanto a imagem é poderosa? O que fazemos, o que procuramos, o que buscamos por uma imagem?
Imagem versus palavra. Qual é mais importante? Qual é mais indispensável?
Particulamente, acho mais fácil montar uma imagem através de um texto que o contrário. Acho mais rica essa experiência.
Imagem tem photoshop. Se a pessoa é habilodosa com as palavras também te passa outra percepção.
São formas de percepções diferentes. E você o que te encanta mais. Imagem ou palavra?

Sabado Quente
Acordei mais tarde que esperva hoje. Meio dia. Ainda tinha que arrumar tudo e ir. ÉR andar quase um kilometro debaixo do sol não é simples!

Viver Para Sempre
Ontem numa conversa me perguntaram por que quero que tanta gente leia meu blog. Bom tenho uma resposta simples para isso:
Só existem duas maneiras de ser imortal. As duas são interessantes.

A primeira é biologica, espalhar seus gens, enquanto tiver seus gens aí, você estará vivo! Você viverá nos seus descendentes. Assim como nossos antepassados vivem na gente. E quanto mais espalharmos nossos gens por aí, maior a chance disso ocorrer!

A segunda é intelectual, através de idéias, pensamentos, pontos de vista. Enquanto lembrarem de uma coisa dita por você, por mais que não lembrem seu nome, estaremos vivos na mente das pessoas de alguma maneira. E da mesma forma que a anterior, quanto mais pessoas tomarem contato com o que você pensa, maior a chance disso ocorrer.

sexta-feira, novembro 17, 2006

Quente

Meu deus, calor que está hoje! Muito quente. Quase não dá para escrever. Ontem tentei, mas isso aqui deu pau. Aí já viu né? Deixa para lá!


Cobrança!
Todos nós somos cobrados, pela família, pela sociedade, por amigos. Até por nós mesmos!
Eu entendo que as cobranças são boas, não deixa a gente se acomodar, nos impulsionam.
Mas até onde nos impulsionam para onde queremos ir realmente? Será que vamos atrás desses objetivos por nós mesmos querermos, ou será que vamos atrás de tais coisas por que isso que esperam da gente?
E mais, como saber se as nossas próprias cobranças, são frutos nossos. Ou apenas inserção da sociedade ao longo do tempo?
O quanto de nós é feito por nossos objetivos e o quanto de nós é feito pelo que esperam da gente?
Muitas perguntas, nenhuma resposta definitiva! É aflitivo!

Strognoff
O Strogonoff de forno de Quarta estava ótimo!!! Tem louça até hoje lá! Hoje é brigadeiro! Chocolate de verdade!

Fim
E por hoje é só. Muito calor. Pouca inspirarão. Pouca audiência talvez!

terça-feira, novembro 14, 2006

Devaneios do Orkut

As vezes escrevo uma coisa ou outra lá. Nada que valha a pena sempre, tem dia que sai algo bom. Isso que eu escrevi, me disseram que está bom. Isso só você para avaliar


Perdas, Danos e Trocas
Pensemos nesse título: parece até que estamos falando de uma mercadoria algo que se perdeu ou danificou, que, geralmente na garantia, vamos lá e tentamos trocar por um produto sem os defeitos, sem estar danificado ou às vezes tentamos trocar por um produto superior, sem as limitações de fábrica do anterior.
Talvez, por estar tão acostumados a isso acabamos por fazer a mesma coisa com pessoas e/ou relacionamentos.
Quando conhecemos uma pessoa que nos marca muito (geralmente primeiro beijo, ou primeira namorada, ou algo assim), e por uma infelicidade (ou felicidade até) do destino acaba-se o namoro. Ficamos arrasados, recuperamo-nos ao pouco, e não raro tentamos esquecer o antigo, e quando nos vemos estamos com quase um clone da antiga pessoa. quando não procuramos uma pessoa totalmente diferente pra tentar fugir dos defeitos do antigo.
E assim vamos colecionando decepções e frustrações. Tudo isso por que esquecemos que, diferente de mercadorias, os seres humanos não são produzidos em série, e cada um é unico e diferente de outro, por mais que possa se parecerem superficialmente. E conseqüentemente cada relacionamento também será único.
É isso que nos faz diferentes de televisores na casa Bahia ou lingerie da De'Millus por catalogo. Somos incomparáveis, sem direito a substituição ou troca.

Feriado
Amanhã, feriado, como estou aqui em São Carlos, não poderei escrever. Estarei offline o dia todo. Creio que sem nada que fazer também! Talvez até ache algo, tomara, eu espero que sim!

Sem Muito que Falar
Hoje não tenho muito o que dizer, o que escrever, então é melhor parar por aqui. Bom o dia foi produtivo, acabei conhecendo pessoas que nem imagina conhecer! Gostei!

segunda-feira, novembro 13, 2006

Blue Monday

Ontem, assistindo o Fantástico , lembrei de New Order, e eles me lembraram dessa música, que é o título do post hoje, aqui vai um trechinho dela:

How does it feel to treat me like you do?
When you've laid your hands upon me
And told me who you are
I thought I was mistaken
I thought I heard your words
Tell me, how do I feel
Tell me now, How do I feel

Só a primeira strofe.

Filme
Dos Jogos Mortais, achei o terceiro o melhor, talvez seja pela companhia, mas isso não explica, já que foi a mesma que no segundo. O bom desse filme é que ele explica todas as pontas soltas dos dois primeiros, então, isso quer dizer, ele apara as arestas.
O problema é que ele perdeu e muito em suspense, aliás não sobrou suspense nenhum, e ficou até mais sangrento. Um filme sangrento e com pouco suspense. Mas para você que falou muitas vezes nos dois primeiros: "Ah! Duvido". Vale a pena.


Relações
Hoje é curto o que tenho que falar, tem a ver com o que disse sobre budismo também:
Aproveitar o momento. Às vezes ficamos fazendo tantas projeções para o futuro: "Será que vai durar?", "Será que vou namorar com ela(e)?", "Será que vale a pena continuar?", "Será que gosto dele(a)?".
Fazemos todas essas perguntas e muitas outras, e acabamos por não curtir , o agora! E, sabe, vivemos o agora, não o amanhã. Quando vimos, já passou e não aproveitamos plenamente aquilo que poderia ser tão bom.
Por isso também, não acho bom se preocupar com rótulos, afinal; e dai que aquilo não se chama namoro, ou sei lá outro nome, o importante é que você goste do que acontece, do momento, na hora.
Não se preocupe com convenções, com o futuro, e com os rótulos. E gostoso estar com a pessoa? Relaxe e curta! Aproveite o hoje, e assim aproveitará da vida plenamente.


Fome
Estou com fome hoje, apesar do macarrão muito bom que meu pai fez hoje! Eles (ele e minha mãe) me trouxeram a São Carlos. A casa está limpinha, rs!

Melhor
Só tem a melhorar daqui para frente, está tudo tão bem...

sexta-feira, novembro 10, 2006

Bon Voyage

Hoje é o último post da semana. até por que vou viajar, só volto na segunda, e como está meio corrido não sei se vai dar para falar muita coisa! Vamos tentar.

Gtalk
É um fenômeno no Brasil! Cada vez mais gente usando o Google Talk, também depois que integrou com o Orkut, ficou muito mais fácil!!! Eu uso ele embebbed no meu Gmail. É bem mais prático!
Não sei por que eles demoraram tanto tempo para integrar tudo!

Barra Bonita
Muito cedo o ônibus gente! Vou pegar o ônibus às 6:16, chegar lá as 9. Mas vale a pena por hoje. Ah! Vale!

Filme
Vou ver um filme hoje. Jogos Mortais III. Segunda coloco a crítica aqui. Espero que seja melhor que os dois anteriores!

Relações
Hoje nada a declarar, tô sem tempo. Segunda venho com meu texto.

quinta-feira, novembro 09, 2006

Quando se Importa

A continuação das histórias vai ter que ficar para semana que vem, assim não cansa você não é?
Hoje vou falar sobre gostar de alguém, ou mesmo apenas se importar. Sempre nos importamos com alguém não é?

Quando se Importa
Quando nos importamos com alguém, gostamos de saber que essa pessoa se importe com a gente também. Não que façamos algo pensando em ter a troca, mas sempre quando tem a retribuição é muito bom.
Geralmente somos independentes, nos viramos sozinhos para qualquer coisa. E às vezes pedimos um favor a pessoa só por ela ser importante para a gente.
Podemos acordar sozinhos não? Existe despertador para isso. Mas nada mais gostoso que alguém que a gente gosta acordar de um jeito carinhoso, e saber que pensou na gente, pensou no nosso bem estar.
Ou uma carona, ou xícara de açúcar, um almoço.
Falamos com quem gostamos todos os dias, ou pelo menos, todos os dias possíveis. Não para contar aquela novidade inadiável, até por que novidades não aparecem de um dia para o outro, ligamos apenas para ouvir a voz da pessoa e saber que ela esta bem.
Quando nos importamos, nos fazemos de "dependentes", mesmo não sendo, só como uma desculpa de estar sempre em contato, sempre pensando na pessoa e ela na gente.
Falamos que temos saudades, mesmo não tendo, mas sabemos que vamos ter logo mais.
Pra mim, se importar com a pessoa e querer saber os detalhes, por mais desimportantes que sejam. Apenas para fazer, cada vez mais, parte da vida da pessoa, e ela fazer, cada vez mais, parte da nossa vida.


Detalhes
Estava lendo sobre o Budismo, não como religião, mas como filosofia de vida. No que em termos gerais diz, que o importante é o detalhe; é o que você está fazendo no momento. Não adianta ficar pensando, planejando o futuro. O Hoje acontece agora. E temos que vive-lo, e não perder tempo pensando no que não chegou ainda.
Se vivemos cada momento plenamente. Curtindo cada detalhe que fazemos, nos concentrando naquilo, no agora. Então viveremos uma vida plena.
Se você está fazendo algo, faço aquilo com a máxima dedicação. E faça pensando no que está fazendo.
Vou começara fazer isso daqui para frente.


Viagem
Talvez amanhã viaje para Barra Bonita, cidade de meus avós, e onde meus pais estão. Então Se eu for, postarei só segunda feira. Estarei no celular qualquer coisa. Fui...

quarta-feira, novembro 08, 2006

E as relações nunca acabam

Hoje não vou escrever a parte dois da minha historia, apesar de te-la completamente na minha cabeça.
Ah! Sei que a historia tá legal, e muitos querem saber o que vai acontecer. Mas hoje, vou falar um pouco mais de relacionamento. Sobre o Disk Pizza. Termo muito usado.

Disk Pizza
A menina gosta muito do cara, não o esquece de jeito nenhum. Não sai com qualquer outro cara, só com ele. Gosta muito dele, por ela estaria todo dia com ele, e até por isso, sempre que ele chama, ela vai ao encontro dele. Quando ela chama nem sempre ele vai. Já tem outro compromisso, geralmente, nem que seja jogar playstation com os amigos.
Mas ela gosta dele, só não entende por que ele não quer namorar, ou ter algo mais sério. E não vê que a resposta está na cara dela:
A situação para ele está ótima. Sem cobranças, sem prender-se a ninguém, pode tentar a sorte com outras meninas, quem sabe até achar alguma que ele goste mais que ela. Enquanto isso, deixa-a lá de manutenção. Sempre que der a vontade de sexo, ou mesmo carência. E não tiver mais ninguém é só ligar para ela. Ela vai vir com certeza. Afinal, ele sabe: Ela gosta dele!
E as vezes isso é tudo inconsciente. Não é por maldade. As vezes é maldade mesmo. rs

Computador
Hoje fiquei andando acima e abaixo com um computador a tira colo, queimou, morreu o nênê da Mari. Coitada! Ainda bem que não perdeu o mais importante! O HD!!!

Coisas para o Futuro
Ia escrever algo aqui. Ainda não é hora. Fica para amanhã!

Hora de verão
Esse horário de verão me bagunça inteiro, nunca sei que horas são, parece que tá cedo sempre!

Fim
Acabou-se tuda hoje!

terça-feira, novembro 07, 2006

Historias

Talvez hoje comece uma série de histórias sobre relacionamentos, para ilustrar o que escrevi anteriormente. Essas histórias serão interligadas, mas sempre terá uma subhistória com começo meio e fim dentro dela.


Apenas mais uma - Parte I
Acorda meio de sobressalto, como pode adormecer assim? Pega o relógio: Onze e quinze da noite já. Olha para o lado, e vê que ela ainda dorme, lindos cabelos loiros cobrem o rosto dela. E se lembra que foi a primeira coisa que reparou ao vê-la:

Estava lá, aquela lourinha, sentada, sozinha, com cara de sozinha - com o passar do tempo aprendeu a reparar quem esta sozinha ou solitária, carente - resolveu ir lá conversar com ela.

Volta dos seus pensamentos, agora não é hora disso. Já está tarde, tem que acorda-la:
- Amor, acorda amor, tem que ir embora, seus pais lembra?
- Ah não quero! Adorei ficar aqui. - responde
- Por mim você fica amor - pensando que ela tem que ir, senão vai atrapalha-lo - Mas seus pais vão achar ruim, lembra?
- Tá bom. Tá bom. - E levanta-se

Enquanto ela se troca ele se perde de novo:

Sabia que ia ser fácil envolve-la, começa a conversar, como sempre, deixa ela falar bastante, pegando informações, detalhes, sabendo como pensa, do que gosta. Fala pouco. Deixa-a conduzir a conversa, se envolver com ela mesma. Puxa um ou outro assunto que acha interessante, que pode render bons frutos. Ele sabe que essa técnica sempre funciona, sempre funcionou pelo menos.
Quando ela percebe já se falam como se fossem amigos há anos. Comenta que parece que não faz algumas horas apenas que se conhecem.
Como ele falou pouco, ela já faz a imagem dele do jeito que ela quer, do que ela necessita, para ele, basta mante-la. Envereda-se no campo dos relacionamentos, ela se abre, mostra sem defesas. Vai e a beija...

-Amor, amor? - Ela o desperta dos seus pensamentos.
-Oi?
- Estava táo quieto, no que estava pensando?
- Em você linda, em você. - Fala isso e sorri, e sim, era verdade.
Ela abaixa e o beija:
- Que pena que tenho que ir. Nem parece que foi ontem que nos conhecemos. Aposto que você não vai nem me ligar.
- Claro que irei - E era verdade, iria sim, sempre era bom manter, a noite tinha sido boa, seria um desperdício não manter contato.
-Tudo que me disse é verdade?
- Sim! Tudo!
A acompanha até a porta, espera ela ir. Volta para o telefone. Tem que ligar para a Rô, afinal ela tem namorado, e só pode sair essa hora. E quase ele perde a hora, mas ainda dá tempo:
-Alô? Oi Rô!... Como assim demorei para ligar?.. Com outra? Você acha?Quem tem outro aqui é você... É...então, você vem agora? .... Só isso? Tá bom... Beijos, estou esperando.


Volta a São Carlos
É! Estou de volta! Com computador novo. Gás novo e disposição nova!

Ausência Ontem
Fui obrigado a me ausentar ontem, não tenho computador em casa aqui em São Carlos, e como passei o dia todo arrumando minhas coisas e/ou viajando, não deu tempo de escrever, mas agora é todo dia. Até com um brinde a mais, que são essas histórias, só não as prometo todos os dias

Nunca Queremos estar Sozinhos?
Por que nunca queremos estar sozinhos? Por que é sempre bom estar acompanhados?

segunda-feira, novembro 06, 2006

Mistura

Hoje o blog vai ser uma mistura de variados assuntos, escreverei sobre filmes, sobre mim, enveredarei mais um pouco sobre realacionamentos. Salpicarei outras áreas talvez. E veremos no que vai dar.

Sin City
Já tinham me falado que erra bom. E realmente é muito bom dirigido por Frank Miller e Robert Rodriguez (acho!) E com participação especial de Tarantino. Um filme baseado nos quadrinhos de mesmo nome, criado também por Frank Miller.
Achei uma execelente adaptação, trazendo todo o clima dos quadrinhos para a tela (até em usar branco e preto, com traços de cor). Violento sim! Mas muito bom!
O filme traz algumas histórias entrelaçadas por um plano de fundo em comum: Sin City.
Um lugar onde ninguém é santo!

Volta a São Carlos
Até que meu feriadão se prolongou viu? Foi de um feriadão a outro, rsrsrs. Mas chega! Chegou a hora de voltar. Não dá mais para adiar.

Nunca É de Um Jeito Só
Estranho subtitulo não? Mas não tem como explicar. É isso aí mesmo.
Pessoas, pessoas. Quem disse que uma pessoa que sempre tem um padrão. O manterá sempre?
Impossível dizer isso!
Ninguém é sempre bonzinho. Ou Sempre mal. A pessoa pode ser má com a maioria das pessoas, mas sempre vai ter alguém que fará essa pessoa ser um cordeirinho de tão bom.
Nem sempre uma pessoa tem o jeito, a tal da "pegada" com todas as outras. Quando ela se apaixona, muda, geralmente para pior. Geralmente amolece, e não consegue oferecer o seu melhor. Por estar "cega", por querer se dedicar demais ao outro, por receio de ser mal vista. É! Temos que buscar o equilíbrio, em tentar dar o melhor a quem se gosta, sem receios, sem medos. Sem pudores!
Nunca podemos nos dedicar mais a outra pessoa do que nós mesmos. Só quando nos colocamos em primeiro lugar, realmente teremos condições de oferecer o melhor a pessoa.
Por isso que o "cafajeste", as vezes é tão bom no que faz. Ele e preocupa mais com ele na relação.
Mas quem garante que o cafajeste para muitas mulheres, não é o romântico de uma só?

Respondendo a Mari
Só ela escreveu, então lá vai:
É Mari! Ainda bem que mulheres são muito diferentes uma da outra! Senão que graça teria?? Não existiriam as amantes, rsrsrs
Ah! Obrigado por falar que meu blog é melhor que o Orkut. Nem que seja para saber de mim né? Afinal, mesmo te vendo todo dia, tem coisa que vc só sabe por aqui!!! Rsrsrs

sexta-feira, novembro 03, 2006

Relacionamentos Parte III

Como prometido ontem, e por estar impossibilitado, por falta de visão. Então, agora, vou escrever mais um pouco sobre.

Tempo do Homem, tempo da Mulher.
O Homem aquece rápido, a mulher aquece lentamente.
Não. Não só no sexo. Mas também nele.
É assim, eu explico, para a maioria dos homens o encontro ideal seria aquele que você encontra a mulher, chama-a para sair. Aí depois vai para um barzinho, cinema, lanchonete, balada, o que for, e de lá para o motel, hotel, drive-in, apartamento, carro, meio do mato, bosque da federal.
E não isso com uma "mulher qualquer", isso com todas. Até com a futura(s) mãe(es) dos seus filhos.
Eu explico, como homem aquece rápido, basta alguns beijos, ou mesmo o pensamento de algo para estarmos de prontidão. Na verdade nem precisamos conhecer a outra pessoa.
Já a mulher! Ah! A mulher. Essa precisa ser aquecida devagar. Tem que conhecer melhor a pessoa, se envolver aos poucos. Sentir-se atraída pelo cara. Geralmente a mulher nescessita mais envolvimento, conhecimento da pessoa.
Isso acontece sempre: O Homem, escolhe rapidamente, aí vai dele o trabalho do convencimento.
Sim mulher e homem tem tempos diferentes. Mas não digo que a mulher não transa logo de cara. Transa sim. Afinal tempo é relativo, pode ser que ela se envolva com o cara em uma hora apenas. Ou por que ela queira, ou por quer o cara consiga a convencer rapidamente. Mas sempre algum envolvimento, no mínimo, nem que seja algo "da cabeça" dela, tem que haver.
E talvez, para os homens, entender que existem tempos diferentes é um grande passo para essa diferença de tempos ser mais curta.
Para as mulheres compreender essa diferença, é um grande passo para evitar encanações e curtir a vida melhor.

Saudades
É! Provavelmente vou ter que aprender a lhe dar com esse sentimento melhor daqui para frente.
Sinto muitas saudades, vontade de falar, vontade de ver, vontade de estar, vontade de tocar.
Claro por mais distante que estaremos podemos nos falar ainda, podemos nos comunicar por aqui. Pelo MSN, enfim, até por carta é possível. Mas não poderei tocar, olhar nos olhos.
Saudades é o que sinto agora, sinto falta, sinto muita falta. Tomara que por pouco tempo, tomara...

Ciúmes
As vezes sinto ciúmes, é pouco, é rápido, mas icomoda.

Escrevi Demais
Hoje escrevi demais não? Devo estar chato. Vou parar por aqui hoje.

Impossibilitado

Hoje escreveria mais um trecho sobbre ralacionamentos, sobre o tempo da mulher e o tempo do homem. Que muitas vezes são diferentes. Mas esta impossível escrever qualquer coisa. Sem meus óculos é um trabalho danado até ficar na frente do computador. Amanhã prometo que escreverei sobre isso.
Por isso o post de hoje vai ser tão curtinho. Me desculpe! Mas mesmo assim não podereia deixar de passar aqui e dar um olá a você, que sempre me acompanha!

quinta-feira, novembro 02, 2006

Sol Raiando

É! Faz tempo que não vou dormir com o sol raiando. Também, que manda ficar jogando videofgame até a essa hora! Pior é depois de horas jogando, perder!

Mordida
O Jojô me mordeu. Ele se escondeu embaixo do sofá, fui tirar ele de lá, levei uma mordida forte, nossa meu dedo esta doendo até agora! Sangrou muito!!!!

Lost
Não estou encontrando o quinto capítulo de lost!! É uma droga isso! Deve estar muito bom!

Prova
Passei na entrevista! Isso já disse ontem. Agora é a prova. Fiquei a tarde toda fazendo-a. Acho que fui bem. Vamos ver. Tomara que dê certo!

Recados
Não é para ninguém especifico não. Saudades de algumas pessoas. As vezes é ruim morar longe não é? Mas acordei pensando nisso, em ter saudades, sentir falta. Ainda bem que logo resolvo isso. Afinal para saudade, se tem jeito né?

Virgindade
Por que a mulherada se importa tanto com isso hein? O que uma pelinha tem de tão importante? O que garante? Acho que apenas garante inexperiência. Talvez para quem tem medo de comparação, a mulher ser virgem é uma boa. Ou para quem é ruim de cama mesmo, não?
Não acho a virgindade nenhuma vantagem, ou mesmo não vejo nenhuma honra em ser o primeiro. Não acho que seja um prêmio.
Fora que virgindade para mim é muito relativo. A palavra virgem quer dizer algo intocado, imaculado. Então um simples beijo já tira a virgindade da pessoa. Ela não é mais intocada, ou imaculada.
A única coisa para que serve a virgindade é para perde-la, e quanto mais demorar, mais veremos o quanto a gente perdeu de aproveitar essa coisa prazerosa que é o sexo.
Bom, quando o sexo deixar de ser tabu, de ser tão importante assim, talvez vejam que a virgindade também não tem nada de honrado ou místico.
Não esperem entregar a virgindade para alguém que é importante para você. Até por que isso não é um prêmio. Transe com quem te agrade, e quando sentir vontade. Não só na primeira mais em todas às vezes! Mais importante que o primeiro, é o último, é a pessoa que está contigo no momento.
É pense que sexo é apenas sexo, e use para a melhor finalidade dele. Proporcionar prazer. Deu vontade, faça!

quarta-feira, novembro 01, 2006

Prova

É! Então. O que eu tinha para hoje era uma entrevista com uma empresa! Bom essa parte passei. Agora tenho a prova. Vou responder amanhã cedo, e espero entregar até o meio dia. Tomara que eu passe nessa fase também.

Lost
Amanhã é dia de Lost. E pela chamada da ABC está cada vez melhor. Olhem aí em baixo. Acho que vão gostar!



Mudança de Planos
Poor causa dessa prova vou ter que mudar alguns de meus planos. E, poxa, já estava tudo certo. É uma pena. Mas por um ótimo motivo!

Respostas

Poxa a única que me escreveu foi a Aninha. Então responderei a ela.
Eheheheh, pulou o comentário do Bzzzzz é? Ah! Vai! Parece ser interessante. Mas ok! ok!
Então, ontem realmente estava inspirado a escrever, mas aí a net morre e perco todo o tesão na coisa. Tudo bem, acontece. Às vezes falta vontade de escrever né? Poxa! Tenta escrever sim. Sempre sai algo. A coisa que era mistériosa expliquei acima ;)


Apreensivo
Hoje estou apreensivo, então escreverei só isso aqui. Tenho que acordar cedo amanhã para fazer a prova. Até lá!